"Nós somos o outro do outro"

Não és elegante, és a elegância.
Não és sedutor, és a sedução
Não és astuto, és a astúcia.

Não és completo, és a minha outra metade!


Frase de: José Saramago
Escadas da Fundação José Saramago

HAPPY WEEKEND

Que o teu fim-de-semana tenha...
Boas Vibrações

Boas Práticas

Adrenalina qb

©Fotografias| Butterflies & Hurricanes

e muito ENTUSIASMO...
video
Este vídeo foi gravado no NOS ALIVE 2015. Claro está que, tal como partilhei no instagram, fui ver os "Meus" MUSE, pela 5.ª vez! E digo-vos que nunca desiludem.

Esta é Starlight, uma das músicas que inspirou o nome (e ilustração) deste blog
..."Our hopes and expectations
Black holes and revelations"...

ARTETERAPIA| Livros de colorir para adultos

"Fazer uma pausa e praticar uma atenção consciente contribui para melhorar o nosso bem-estar – conseguimos controlar o stresse e ficamos mais calmos.
Praticar uma atenção consciente é prestar atenção ao momento presente, limpar a mente de todas as distrações e concentrarmo-nos em simplesmente ser.
O ato de colorir – com paciência e atenção dar cor a uma página, sentir o lápis na mão à medida que nos compenetramos na beleza de toda a ilustração – é especialmente indicado para a meditação da atenção plena" (Mindfulness).-- Emma Farrarons
A esta atividade chama-se Arteterapia. A arteterapia que os livros de colorir permitem é parecida com a situação de se desligar do mundo.

©Fotografia| Butterflies & Hurricanes

©Fotografia| Butterflies & Hurricanes

Estou completamente rendida, até porque colorir livros foi algo que sempre gostei de fazer. Aos cinco anos a minha capacidade para colorir livros era muito elogiada e, com base nesses elogios, passei parte da minha infância a afirmar que quando fosse grande iria ser pintora!!! 
Quanto aos livros de ilustrar para adultos, a minha primeira compra foi “Mindfulness” e, a última foi “Azulejos e Mosaicos – 100 desenhos para colorir” (não fosse eu uma apaixonada por azulejos portugueses, mosaicos romanos, bizantinos e florentinos.


©Fotografia| Butterflies & Hurricanes

E na pausa do almoço...

Picture of the Day

©Fotografia| Butterflies & Hurricanes

Dare to be Diffent.

Hoje, segundo a rádio comercial, é dia do "Filho do Meio"

Enquanto filha/irmã do meio, aqui deixo o meu testemunho de como é viver entalada entre a mais velha e a mais nova....!

A Psicologia – (curiosidade: está provado que os irmãos do meio têm tendência a escolherem profissões relacionadas com as ciências sociais e humanas – eu escolhi!) – diz-nos que os irmãos do meio desenvolvem a conceção de que têm de ser diferentes dos irmãos para terem o seu valor e sucesso, dando origem a crianças “muito sociáveis”, “tímidas” ou tão-somente “rebeldes” (sou um misto de sociabilidade, timidez e rebeldia, mas confesso que sempre adorei ser do contra!). Por norma desenvolvem uma enorme empatia com os mais desfavorecidos, identificando-se com eles (compreensível: é resultado do sentimento de rejeição vivido no seio do trio!!); podem ser bons promotores da paz e os outros procuram-nos pela simpatia e compreensão (é por isso que muitas vezes pergunto: “Será que tenho escrito na testa: desabafem comigo?”).
Se é bom ser irmão do meio? É uma experiência traumática!!! Não beneficia dos seguintes estatutos: “é o primogénito” ou “é o caçulinha da família”; “os filhos mais velhos, dizem os estudos, são os mais inteligentes”; “os filhos mais novos, dizem os estudos, são os mais bonitos”…..bla,bla,bla….
No entanto, acredito na velha máxima: “no meio é que está a virtude”!!

Beijinho enorme para as melhores irmãs do mundo… as minhas!



ME & YOU

©Fotografia: Butterflies & Huricanes


Num mundo de imitações, és a pessoa mais genuína que algum dia "cruzou" o meu caminho!