Fundamentar Escolhas [Mostra Ensino Profissional 2013]


A prática relacional no domínio da orientação vocacional centra-se sobre o apoio ao processo de escolha que envolve sempre múltiplos fatores de natureza cognitiva, motivacional e afetiva, cuja articulação exige bastante tempo para ser processada. Afasta-se, por conseguinte, do modelo psicotécnico clássico que se apoia no exame psicológico individual, feito num momento do percurso escolar que se situa, em geral, na proximidade da realização da escolha, sendo, por isso, pontual.

De modo diverso, a prática relacional neste domínio organiza um conjunto articulado de atividades a desenvolver ao longo de um percurso temporal que poderá coincidir com o ano letivo. Por intermédio desse conjunto de atividades, os sujeitos ensaiam e treinam o comportamento de planeamento estratégico de formulação de objetivos, de articulação de diversas informações úteis à organização de uma estrutura de meios-fins, indispensável ao autoconhecimento, à fundamentação de escolhas e à construção de um projeto de vida.

Entre as atividades referidas, conta-se também a avaliação psicológica por meio de testes. Os resultados dos testes são utilizados como uma “amostragem” das capacidades do sujeito naquele momento e naquela situação de teste, capacidades que podem evoluir por intermédio de atividades de metacognição, de interpretação e de reflexão crítica realizadas pelo próprio sujeito numa estratégia de promoção e de autoconhecimento.

Característica relevante da prática relacional de orientação vocacional é a sua articulação com as atividades pedagógicas. Com efeito, entre o processo de escolha e o rendimento obtido nas diversas disciplinas há relações recíprocas evidentes. Por um lado, o nível do rendimento escolar pode influenciar, de modo positivo ou negativo, o processo de escolha e, por seu turno, a elaboração de um projeto de vida pode contribuir para dar sentido às atividades escolares, ativando, deste modo, a motivação e influenciando a melhoria das aprendizagens.

FONTE:
ABREU, V. M. (1998). Cinco Ensaios sobre a Motivação. Coimbra: Almedina.

PROPORCIONAR ATIVIDADES DE EXPLORAÇÃO

A ETAP-Escola Profissional levou a cabo a Mostra do Ensino Profissional 2013 que decorreu no Pavilhão da Associação Industrial do Minho, em Viana do Castelo, entre os dias 24 e 30 de Abril de 2013.

Com a realização da Mostra do Ensino Profissional pretendeu-se:
  • Proporcionar informação relevante aos jovens sobre as ofertas educativas formativas para o ano letivo 2013/2014 que abarcam as áreas de formação que nos propomos desenvolver.
  • Desenvolver atividades de informação e orientação vocacional, iniciais, ou complementares das desenvolvidas nas atuais escolas, por forma a ajudá-los a fazer opções mais esclarecidas e convergentes com os seus interesses vocacionais.
Breves registos de sete intensos e gratificantes dias...
 Perspetivar
 Explorar
Executar (com perfecionismo)
 Projetar
 Estimular
 Registar
 Descobrir
Apresentar (equipamentos, programas)
 Experimentação
 Ação
 Demonstração
 Criatividade
 Dedicação
 Profissionalismo
Técnica  (momentos musicais)
 Interação
Divulgar (recolha de informação)
Esclarecer dúvidas (No meu curso eu aprendo a...)
 Sentir a escola
 Sentimento de pertença
Navio Gil Eannes em Chocolate...temos ou não temos artistas?!
 Postura
(Eu contagiada pela...) Boa Disposição!
Gratos pela Visita!

Tudo sobre o evento AQUI
Muito Orgulho em fazer parte deste Projeto Educativo.

Toda a linha gráfica e registos fotográficos - 
Equipa de Comunicação, Imagem e Som da ETAP - Escola Profissional