...de férias!

Existem algumas associações bem interessantes com a palavra férias. Antigamente às férias associávamos o descanso, a calma, a sesta, a conversa, a narração de histórias, a reflexão, os passeios, o tempo livre ou os passatempos.
Nos dias de hoje os conceitos associados às férias são bem diferentes: descanso ativo, ocupação dos tempos livres e outros semelhantes, que remetem para a necessidade imperiosa de ocupar ativamente o tempo de forma continuada e permanente.
Na sociedade atual esta obsessão pela ocupação de todos os minutos e segundos do dia é colmatada por um conjunto de produtos e serviços, que tratam o tempo como apenas mais uma mercadoria, e que nos transforma incessantemente em consumidores compulsivos, mesmo quando estamos de férias: ocupamos os nossos dias com tantas atividades quantas as possíveis… Não é por acaso que ouvimos sistematicamente os regressados de férias dizerem que necessitavam de férias das férias, pois encontram-se mais cansados no final das férias do que no seu início…
Quanto a mim, vou fazer com que as minhas férias sejam apenas férias, e não uma forma frenética de ocupar o tempo e uma fuga de encontro comigo mesma e com os outros…
E sobretudo, tentar afastar de mim tudo o que me possa travar o sorriso!