Julgamentos Precipitados!

"Quando tudo o que parece... não é!"
No nosso dia-a-dia, tendemos a julgar as situações, e as pessoas também, com base em informações prévias, ou seja, tendemos a utilizar atalhos cognitivos. Mas, no que respeita à perceção, quem opta por atalhos é, muitas vezes, induzido em erro. E este fabuloso genérico é a prova disso!


Com base na representação mental que possuímos da personagem Dexter (cientificamente designamos essa representação de Esquema), facilmente caímos num erro de perceção designado de: Efeito de Halo - formamos uma impressão global sobre a personagem e, em seguida, aplicamos essa impressão a todos os seus comportamentos.
E no nosso dia-a-dia... o que costumamos fazer?!