Eu e as minhas manias [1]


Numa troca de mensagens, despediram-se assim de mim: "... bjs com sds, miga."

Sei que é implicância minha, mas abreviar palavras parece deixar tudo com menos importância. 

Abreviar sentimentos ... nunca! Não gosto MESMO (“sds” NÃO tem o mesmo peso de “saudades”; “bj” NUNCA será tão bom quanto “beijo”; "miga" JAMAIS será tão intenso quanto "amiga"…).

Eu sou assim: ou sinto, ou não sinto. E quando sinto, sinto inteira…nunca em siglas!