Coisas que me irritam...


Quererem tirar-me fotografias "à força"!! (odeio!). Criticarem só por criticar. Dor de cotovelo/inveja. Telemarketing. Pessoas intrometidas. Males entendidos (por falta de comunicação). Impostos. Pouco dinheiro. Falta de pontualidade. Aquela mania que alguns têm em acharem que sabem tudo. Juízos de valor precipitados. A mentira (qualquer que seja, mas principalmente a leviana). Falta de humor! Pés apertados dentro dos sapatos (fico insuportável!!). Gente pessimista. Tédio. A violência no mundo. Falta de atitude. Falarem muito alto. Terminarem uma conversa com: “então vá”! Essa mania das pessoas em perguntarem: “então, quando casas?”. Ser imitada (mas depois "reavalio": esta é a forma mais honesta de elogiar!!). Espinhas. Vitimização. Bipolares não diagnosticados (e, consequentemente, não tratados!!). Pessoas que insistem em não querer saber para que serve um desodorizante!!!! Perguntarem-me, assim que me veem às segundas-feiras: “Então, como foi o teu fim-de-semana?” (que nervos!). Temperaturas acima dos 28ºC!!! (é verdade!) Condutores que não sabem contornar uma rotunda. Pessoas que falam comigo “duas vezes” e tratam-me logo por amiga (eu sei quem são os meus amigos, conto-os pelos dedos e são: lindos, loucos e meus!!). Perfume forte! Aqueles que não conseguem ver para além do seu próprio ponto de vista.  O ser incapaz de "dar o braço a torcer"/teimosia (infundada). Egocentrismo. Partir unhas. Lavar loiça. Políticos corruptos. Sentir ciúmes. Ficar sem tempo para fazer “o meu nada”. O uso de palavrões (odeio mesmo). Pseudointelectuais. Passar a ferro. A intolerância. Ser pressionada. "Pessoas com mania das grandezas (“tenho um carro tal, relógio tal, caneta tal”... vai escrever com Bic, seu deslumbrado!). Gente que tira fotografias SÓ para publicar no facebook e fingir que é feliz. Ficar no vácuo no What´s up. E, o pior de tudo: descobrir que esta lista ainda nem começou..."