"À, Á, HÁ OU AH?"

Todos temos as nossas manias. Uma das minhas prende-se com a correta  acentuação gráfica. Confesso inclusive que a habitual confusão entre "À, á, há e ah" me incomoda particularmente. 
Estou eternamente grata à minha professora do 1.º ciclo pelas suas lições de gramática.
Hoje decidi partilhar uma dessas muitas lições!
  • á ou à?
“á” não existe.

Sempre que se trate de utilizar a preposição “a” contraída com o artigo definido “a”, o acento é grave.

Exemplificando:
 O João vai à feira = O João vai a(prep.) a(art.) feira
a + a = à
O acento grave só surge em mais seis palavras portuguesas. A saber:
às (a + as) Ex. Ele foi para casa às quatro horas.
àquele (a + aquele) Ex. Ele foi àquele sítio de que te falei.
àquela (a + aquela) Ex. Ela foi àquela conferência.
àqueles (a + aqueles) Ex. Eles foram àqueles bares famosos.
àquelas (a + aquelas) Ex. Elas foram àquelas lojas.
àquilo (a + aquilo) Ex. Não liques àquilo que ele disse.

  • à ou há?
O  vocábulo “há”, é uma forma do presente do indicativo (3.ª pessoa do singular) do verbo haver. Este verbo tem várias significações e uma das formas de termos a certeza de que se trata da forma verbal, é substitui-la por um sinónimo, como “existe”.

Exemplificando:
Ele disse que há/ à um acento na palavra
Ele disse que existe um acento na palavra
= Ele disse que há um acento na palavra.

Amigos que não vejo existe algum tempo/anos/meses/dias
= Amigos que não vejo há algum tempo/anos/meses/dias.

Os exemplos tentam demonstrar, que sendo possível substituir-se a palavra pela forma verbal “existe”, ficamos a saber que devemos utilizar a forma do verbo haver, ou seja, “há”.

Veja-se outro exemplo:

O João vai à/há escola.
O João vai existe escola (não faz sentido) = O João vai à escola.

No entanto, nem sempre este truque resulta. Assim, aconselho um outro: substituir a palavra por “havia”. Se a frase ficar com sentido, é porque se trata da forma “há”, caso contrário, será a palavra “à”.

  • E a forma “ah”?
“Ah” é uma interjeição exclamativa. Serve para exprimir admiração.

Ex. Ah, que bebé tão lindo!