FRASE DO DIA| "A melhor maneira de nos tornarmos bons para as crianças é fazê-las felizes."

© Fotografia| Butterflies & Hurricanes

"Ma petit prince" (sobrinho)


Partilho convosco aquelas que são consideradas as 8 dicas que, perspetivadas de forma flexível, poderão ajudar pais/mães a educar para a felicidade.

  • SEJA O EXEMPLO| A criança é um ser bio-psico-social. Portanto, a sua personalidade tem uma base biológica, mas, ao longo do seu desenvolvimento, vai moldando-a em função do meio (e os primeiros anos de vida são fundamentais) … Como já referi numa publicação anterior, as crianças “não são o melhor do mundo”, mas O MELHOR (ou o pior) de nós mesmos… A criança vê, a criança faz…
  • OFEREÇA TEMPO| Como diz Eduardo Sá, todas as crianças têm direito a brincar... todos os dias, sem direito a férias, pontes ou feriados (...) e a brincar com um dos seus pais, 30 minutos, de segunda a domingo. Têm, também, direito a ser filhos únicos dos seus pais, uma vez por semana, por um bocadinho. E a ter os pais ao jantar e depois dele, sem telemóveis, sem internet e sem televisão, só para a família...sem que tenham de estar sempre quietas e caladas. Porque só quando se pensa com os outros, conversando com os botões e em voz alta, ao mesmo tempo, se aprende a crescer.
  • ENSINE A GRATIDÃO| Ensine-o a ser grato e admirar. Ensine-o a admirar os pais e os avós. Porque só quem admira se torna humilde. E só quem conhece a sua história, e se orgulha dela, conquista o direito a ter futuro...

“Ensine o seu filho a ser feliz com o que tem, em vez de ficar triste com o que não tem.”

  • PROMOVA O AUTODESENVOLVIMENTO E AUTODESCOBERTA DE TALENTOS|“As pessoas felizes dominam uma habilidade. Ao dar as primeiras pedaladas na bicicleta, o seu filho aprende a cair e levantar-se tantas vezes que chega a ficar frustrado, isso vai ensinar-lhe a ser persistente e a ter força de vontade. Quando finalmente conseguir andar de bicicleta, vai sentir o sabor da vitória, fruto dos seus próprios esforços. Ninguém é feliz todos os minutos da sua vida. As crianças precisam de aprender a tolerar a angústia e a infelicidade. O nosso papel é ensiná-los a caminhar, e não carrega-los ao colo o resto da vida.”
  • INCENTIVE A TOMADA DE DECISÃO/ESCOLHA|“As crianças têm muito pouco controle sobre suas vidas. Nós decidimos tudo para o seu dia a dia, muitas vezes sem questionar quais seriam as suas escolhas. O poder de escolha ensina-os a tomar decisões. Deixe-o escolher a roupa, ou o menu de jantar uma noite por semana. Dê-lhe a oportunidade de tomar pequenas decisões. A sensação de controle vai fazê-lo feliz.”
Se quer ajudar a construir a felicidade de seu filho, não pode passar a vida a dar-lhe ordens, ainda que disfarçadas de pedidos. Estimule o seu sentido de controlo sobre as coisas.
  • SAIBA DIZER NÃO| “O mundo vai fechar muitas portas na cara do seu filho. Mais do que possa imaginar. Se quer que ele seja feliz, habitue-o a ouvir “não” quando está em casa rodeado de pessoas que o amam. E o resto do mundo agradece por não ter de lidar com a birra “disseram-me não pela primeira vez” do seu filho.”
Como afirma Eduardo Sá: Se as crianças não aprendem a tolerar as frustrações, nunca hão de ser engenhosas e nunca hão de aprender com as dificuldades. A dor dói, magoa, mas é uma oportunidade de crescimento e não há dores que venham por bem. As dores são as grandes oportunidades para nos interpelarmos e para nos transformarmos.
  • PROMOVA A EXPRESSÃO DAS EMOÇÕES| “É importante permitir que o seu filho seja infeliz de vez em quando. As crianças precisam saber que não há problema em estar triste, e que às vezes, faz parte da vida. Ajude-o a exteriorizar e reconhecer os seus sentimentos. Eles precisam de sentir o nosso apoio nessas alturas. Abrace-o, ele vai sentir que o compreende.”
  • AME INCONDICIONALMENTE| Porque só pode amar e amar-se quem foi amado.
By Liliana Fernandes
Fontes:

Butterflies & Hurricanes| "Há normas e normas": http://butterfliesehurricanes.blogspot.pt/2013/04/ha-normas-e-normas.html

Butterflies & Hurricanes| "Só pode amar e amar-se quem foi amado": http://butterfliesehurricanes.blogspot.pt/2013/04/so-pode-amar-e-amar-se-quem-foi-amado.html

Butterflies & Hurricanes| "As crianças “não são o melhor do mundo”, mas O MELHOR (ou o pior) de nós mesmos": http://butterfliesehurricanes.blogspot.pt/2013/04/as-criancas-nao-sao-o-melhor-do-mundo.html