Em Viagem| São Tomé e Príncipe

Fotos: Butterflies & Hurricanes
@ São Tomé e Príncipe

Quando se aterra neste pedaço de terra, consequência de nos encontrarmos na linha do equador, o ar torna-se pesado, muito quente, muito húmido, quase irrespirável…
A humidade agarra-se à pele e faz sentir que entre o ar e o nosso corpo há um espaço virtual, uma membrana aquosa em que a humidade e o suor não se distinguem. Mas, assim que os nossos olhos se começam a "alimentar" daquilo que os rodeia, facilmente esse desconforto se torna secundário!!
A paisagem? Tudo verde, uma vegetação densa para onde quer que se olhe. Um cheiro intenso a mato, anuncia um lugar especial… muito especial…

São Tomé deixou-me a mais forte das impressões. Por um lado, as estradas esburacadas, as pontes destruídas, as culturas abandonadas; por outro lado a luxúria da vegetação, a fertilidade da natureza, a vontade de mudar aquele país estampada em cada rosto com que nos cruzamos, e o grande legado: as crianças. Tantas, por todo o lado. Sorridentes, de olhos vivos, sedentos por aprender; por detrás de toda a pobreza que as envolve, e com a esperança que só as crianças têm.

SUGESTÃO:
Livro: Equador de Miguel Sousa Tavares. Conhecer AQUI