Frase do Dia:"Um café, por favor!"


Hoje, só assim... um pouco de doçura e muita cafeína à mistura!
Foto: Butterflies & Hurricanes
@ Antiga Confeitaria de Belém

O QUE DIZEM OS ESTUDOS
A cafeína pode vir a tratar as doenças de humor, nomeadamente a depressão, considerada um dos mais graves problemas de saúde da sociedade atual, afetando uma em cada quatro pessoas.

Um grupo de investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), de Coimbra, afirma ter aberto uma nova linha de investigação centrada nas doenças de humor, na sequência dos seus estudos com café para tratamento de doenças do cérebro.

"Alguns estudos iniciais mostraram que populações de risco, como os enfermeiros dos serviços de urgência, toleram muito melhor ao longo do tempo situações de stress repetido quando consomem café de forma regular, em doses toleráveis e normais, do que profissionais com funções semelhantes, mas que não tomam café regularmente", sublinha Rodrigo Cunha, da Faculdade de Medicina de Coimbra.

Além dos testes psicológicos, é possível verificar estes resultados em testes biológicos com os níveis de cortisol, que confirmam esta impressão, de que há um benefício em termos de controlo de humor associado à toma regular de doses moderadas de cafeína.

Um estudo levado a cabo por uma equipa da Harvard Medical School, analisando os ritmos de vida de 50 mil enfermeiros, e agora publicado pela Archives of Internal Medicine, chega às mesmas conclusões. Acrescentando, ainda, que aqueles que consomem café regularmente estão menos propensos a ter peso acima da média, pressão alta e apresentar diabetes.