BREVES DESABAFOS

Existe um conceito que me fascina, conceito que era usado pelos gregos como sinónimo de fenda ou espaço infinito: refiro-me ao conceito de "Caos". Simpatizo com a palavra! Mas é muito mais do que isso. Gosto de pensar que a ideia de caos nos remete para a natural instabilidade e imprevisibilidade do mundo (e de nós mesmos): há ordem na desordem e desordem na ordem. Nada é tão real e inspirador para mim....As previsões falham. Os resultados surpreendem-nos. As contradições surgem. Há factos que nos fazem perder o rumo (e o prumo!) quando tudo parece estar na “mais perfeita ordem” (e o contrário também sucede!) … E sabem o que vos digo? Agradeço e fico feliz com esta não-linearidade (e imprevisibilidade) do mundo.