PERGUNTA DO DIA| Com quantos "eus" é feito o meu dia?!

Não é preciso ser Fernando Pessoa nem sofrer de personalidade múltipla para ser várias pessoas. Todos somos várias pessoas. Todos temos várias versões do nosso eu.Versões que ativamos e desativamos ao longo do dia conforme as circunstâncias e os interlocutores. O nosso tom de voz muda, a atitude corporal muda, o olhar, as interjeições, o léxico, a maneira de rir. Podemos ser refletidos e atrevidos, tímidos e espalhafatosos, sérios e brincalhões, prudentes e aventureiros, serenos e frenéticos…
Tenho plena consciência da minha multiplicidade de eus e convivo bem com ela! Equilibra-me!! – Num mesmo dia posso ser: Li, Lili, Lilocas, Lilas, Liliana, Dra Liliana, Professora, tia, madrinha, filha, mana, … – Na verdade, posso ser uma coisa para cada pessoa, uma pessoa para cada circunstância. Posso dizer tudo mas apenas uma parte a cada um! É por isso que sou tratada de forma bem distinta por diferentes pessoas. É por isso que existem aqueles que me conhecem muito bem; aqueles que só conhecem parte; aqueles que são incapazes de me conhecer; aqueles que me julgam conhecer (mas andam muito longe) e, obviamente, aqueles que não têm qualquer interesse em me conhecer (é justo)!!
Contudo, penso que existe um ponto de interseção entre todos os meus mundos/eus, e, nesse ponto de interseção, talvez resida a essência daquilo que sou enquanto ser humano…- Por exemplo, não falo com os meus sobrinhos como falo com os meus chefes no trabalho (diferentes eus), mas, nesses diferentes eus, existem valores comuns, valores dos quais não prescindo.
Ah! E tenho um mundo/eu só meu, onde só eu entro. Um mundo onde moram os meus segredos e os meus mistérios...E para me preservar, o melhor é preservá-los!!